As minhas relações eram confusas, não compreendia porque me frustrava com meus relacionamentos e comigo mesmo, e não conseguia nomear quais eram os sentimentos que eu tinha dentro de mim, características essas de como eu era antes da psicoterapia.

Após alguns grandes tombos que tomei na minha vida, resolvi procurar ajuda psicológica, afinal, as pessoas sempre falam que se conhecer é muito bom para o seu desenvolvimento, e fui atrás. Conheci alguns profissionais, percebi que existem abordagens de como ver o ser humano e suas relações, psicólogo, psicóloga, com qual eu teria mais identificação? Sentar ali, na frente de uma pessoa que você nunca viu na vida, pensar que iria abrir sua história para ela, é algo de inicio um tanto quanto impactante, mas me permiti, eu precisava tentar.

E então encontrei o tal. Inicialmente era algo mais sobre contar sobre como percorri minha vida até aqui, e depois a cada sessão, eu saía de lá, mais calmo, mas era uma calmaria que me despertava certos incômodos, que ironia, a psicoterapia passou a ser a tempestade e a bonança ao mesmo tempo. Existiram sessões que saí muito bem e feliz com comportamentos que desenvolvi para adaptar as adversidades de minha vida. Existiam outras, que não conseguia entender porque eu nunca percebia porque agia daquela forma, e persistia no erro tentando buscar resultados diferentes.

Foram necessárias muitas quedas, mas eu percebia que em todas tinha o meu psicoterapeuta, estava ali junto comigo, que fazia os mesmos movimentos que eu, para poder mostrar exatamente qual era a forma que eu deslizava ou fugia, e que quando aparecesse outro obstáculo como aquele, ele sabia que mostraria que o mesmo resultado era possível, mas eu já estava diferente naquele segundo momento, eu pude ver que só com a dor do primeiro e a nomeação dos sentimentos que ele me trazia, eu aprendi a manejá-lo, não deixei de olhar para ele, mas aprendi a lidar.

Percebi, que o ato de falar é algo mágico, quando expomos verbalmente nossas ideias e fatos, organizamos para que aquilo fique explicito para o profissional, e fui percebendo que cada vez que eu me pegava falando das mesmas atitudes que ocorriam nos mesmos lugares, eu conseguia identificar minhas dificuldades primordiais. Teve coisas que consegui mudar apenas reformulando para ele, e outras que precisou que ele repetisse como eu agi muitas vezes para que começasse a ficar claro pra mim.

A psicoterapia me trouxe artifícios de que me orgulho, eu me tornei uma pessoa melhor, eu passei a me tratar melhor, porque eu percebi que sou humano, que se eu me cortar, vai sangrar, fisicamente e possivelmente psicologicamente também. E que a dor física pode ser puramente consequência da dor mental.

Tratamento psicológico não é apenas possível para quem possui poder aquisitivo alto, a psique não tem classe social, a saúde emocional existe em todos os bolsos, de uma calça simples ou de um vestido de grife.

E hoje foi a minha última sessão, porque minhas relações humanas foram facilitadas e ressiginficadas. Aceitei-me como um ser humano com sonhos, medos e planos, e admiti que os problemas vão sempre existir, mas a ótica que tenho hoje me proporciona calmaria para resolvê-los. Aprendi a entender e aceitar cada sentimento que surge aqui dentro, perceber que quando olho para eles, a clareza para buscar o equilíbrio entre meu lado emocional e racional faz mais sentido, pois ambos são ouvidos.

Sentirei falta, do exercício semanal que tinha de sentar ali e ter um tempo exclusivo meu, de poder falar o que quiser sem o julgamento que lá fora a sociedade me dá. Mas, eu aprendi, eu criei habilidades cognitivas para lidar com tudo isso sozinho, me tornei independente emocional, até a próxima crise. Mas até lá, o meu psicoterapeuta estará ali, de prontidão.

 

Por: Silvana A. Bernardo

CRP: 06/124413

Instagram

  • ❤️Amor próprio, pode até parecer simples se amar, porém são nas reflexões dos acontecimentos do nosso dia que percebemos como é este sentimento. ⚠️Você se ama em suas atitudes? ✔️ Você verifica as situações ao seu redor para perceber este amor?
_________________________________________
#psicologasilvanabernardo #psicoterapeuta #ruaaugustasp #psicologia #psicoterapia #terapia #reflexoesdapsico #amorproprio
  • ‼️Nossos comportamentos automáticos principalmente ao acordar podem influenciar nas horas do nosso dia-a-dia. ⚠️Repare a ordem de sua rotina e se a mesma é funcional para o seu estilo de vida atualmente.
❗️Podemos priorizar a ordem de nossas atividades para melhor funcionamento psíquico!
#psicologasilvanabernardo #dicasdapsico #reflexoesdiarias #psicoterapeuta #ruaaugustasp #reflexoesdapsico #rotinadevida #estilodevida #iniciodesemana
  • 👥São as relações que nos compõe, através do contato com o outro que criamos o nosso Eu.
❓Quais relações você possuiu que proporcionou ser, quem você é hoje?
______________________________________________

#psicologasilvanabernardo #psicoterapeutacentrosp #ruaaugusta #reflexoesdapsico #relacoeshumanas #psicologia #psicoterapiaindividual
  • 👉🏻 Vamos juntos promover o bem estar?
#Repost @opoderdaautoestima with @make_repost
・・・
Silvana Bernardo @bernardo_silvana é uma das Psicólogas coautoras da obra O Poder da Autoestima.
#opoderdaautoestima #OPoderDaAutoestima #conquistaeditora #coautoria #autoestima #psicologia #endorfina #bemestar #habitossaudaveis #atividadefisica #habitos #saudemental
  • ❓Surpresas, imprevistos, situações abruptas ocorrem? Claro!
‼️Mas nós podemos escolher a forma de recebermos tais acontecimentos, trabalhar a inteligência emocional neste sentido é possível!
🧠 O que você fez pela sua inteligência emocional, hoje? 
___________________________________________
#psicologasilvanabernardo #reflexoesdapsico #psicologia #psicoterapeutadesp #cadoro #ruaaugustasp #inteligenciaemocional
  • ❗️Aproveitar oportunidades, olhar para as coisas simples são características de quando criamos condições de lidar com as divergências da vida. ❓Você já reparou nos detalhes que fazem seus dias melhores?
____________________________________________
#psicologasilvanabernardo #reflexoesdapsico #rotina #autoconhecimento #pequenosdetalhes #psicologia #psicoterapeutasp #trajetoriadevida

Me Siga