Benjamin Franklin (1706-1790) sábio cientista citou “o trabalho dignifica o homem”. Trabalho, este que vem do latim tripalium, “tri” três, e “palum” madeira, um instrumento feito de madeira que era usado para torturar as pessoas. Que ironia, não? É comprovado cientificamente o quão transformador é o trabalho na vida humana, o quanto ele pode ser recompensador e libertador, seja um escritor produtivo entre quatro paredes, sozinho e apenas ouvindo as vozes dos seus pensamentos ditando sobre o seu mais lindo dom de sentir e expressar através das palavras, ou um advogado que necessita de uma rede, que contribui com seus casos e precisa diariamente se comunicar com clientes e parceiros para solução de um problema legal.

Na teoria sócia histórica (fundamentadas por Luria e Vygotsky) não existem vocações para um trabalho, e sim as habilidades que você constrói no decorrer da sua vida que te moldarão e farão com que escolha determinada profissão em sua vida. Com passar dos anos, pode-se notar que trabalhar é muitas vezes abdicar suas vontades e intuições, pois há alguém que dita que isto deve ser feito e como deve ser realizado, tornando assim, algo maçante e sem a possibilidade de desenvolvimento da criatividade, algo de extrema importância para um cérebro ativo na sociedade.

 

Hoje em dia, o Burnout (exaustão excessiva em ambiente de trabalho), atinge cerca de 30% dos brasileiros, de acordo com International Stress Managemet Association no Brasil (Isma-BR), mas por que? Por que as pessoas não simplesmente, PARAM tudo? Seria simples, senão fosse por um motivo, a nossa sociedade demanda silenciosamente para que você produza, intrinsicamente para que você tenha cada vez mais. O Burnout ocorre porque a cada momento em que se tenta mostrar seu trabalho autêntico e esperar o devido reconhecimento, deve-se renunciar muitas vezes, ou desistir da identidade própria, gerando a frustração que por vez é momentânea – se tornando corriqueira.

 

E então, seu trabalho te liberta? Dá-te ideias, te permite sonhar e compartilhar destes sonhos? Seu trabalho te torna um ser humano mais produtivo positivamente?

 

Por: Silvana A. Bernardo

CRP: 06/124413

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Me Siga